domingo, 5 de julho de 2009

Os estranhos pensamentos de Paty Xurumelas

Há três dias que Paty não saía de casa. Passava o tempo todo deitada em sua cama jogando vídeo-game em sua televisão protoplasmática, sem tomar banho, sem trocar de roupa e se alimentando por um canudinho que ia de seu quarto até um pote na cozinha onde sua mãe despejava a gororoba.
Ela seguia assim até o dia em que a luz acabou e só lhe restou sair para passear.
Paty deu várias voltas pelo quarteirão de sua casa, mas pensamentos estranhos a assombravam. Eram tantos e tão bizarros que sua cabeça deu um tilt, pior que os tilts que ocorrem em fliperamas.
Ela parou no meio da rua com os olhos arregalados, boca aberta e torta e saía uma baba espumante esquisita.
As pessoas que presenciaram a cena não conseguiam entender o que havia acontecido à pobre menina.
O resultado de sejá lá o que tenha acontecido, na verdade, pouco importa para nossa história. O fato é que, sem motivo aparente, Paty Xurumelas agora se perguntava como os bebês se viravam para ficar tanto tempo mergulhados em líquido amniótico e se por causa disso nasciam enrugados e com cara de joelhos. Antes que se desse conta, já estava imaginando um bando de fetos surfistas californianos pegando onda num oceâno amniótico.
Considerou que isto era loucura demais até para ela. Então, outro pensamento louco foi ao seu encontro. Xurumelas lembrou que sua vovózinha osteoporótica sempre dizia que manga com leite fazia mal.
Paty correu para sua casa, pegou a manga mais suculenta que sua mãe havia comprado e o leite em pó de seu irmãozinho. Misturou tudo e bebeu. Esperou alguns segundos e de repente Xurumelas foi acometida por horríveis e explosivos gases.
Ficou fazendo puns por mais de quarenta minutos sem parar.
Esta sucessão de fatos estranhos a deixou por demais incomodada e decidida a dar cabo da situação. Ela sentou em sua escrivaninha e preparou uma longa carta destinada aos autores desta história.
O conteúdo da carta, no entanto, ninguém ficou sabendo, exceto Papai Noel, que recebeu a correspondência por enagano devido a um problema nos correios. Conta a lenda que esta foi a causa dele ter feito a barba, perdido peso e ter se aposentado.
Mas isto é só especulação.
... Hummm... Doce com salgado, um ventilador enferrujado, um papagaio alejado, um boi no velório da tia avó desavisado! Paty interrompeu a tempestade de absurdos em sua cabeça, comprou um sorvete e seguiu seu caminho.
Ela terminou seu sorvete, comprou uma guitarra e virou líder de uma banda emo core.



( Escrita por Paty e Moon onde cada um criava um trecho, o outro lia apenas a última frase e continuava a história)

Um comentário:

  1. HAUAHUAHUAHUAHUAA, AIA PATY!!!! MORRO DE RI COM SUAS HISTÓRIAS RSRSRS

    ResponderExcluir